728 x 90



  • img

    DINIS MANUEL ALVES

    Isto matará Aquilo? 2

    Em Notre-Dame de Paris, escrito por Victor Hugo aos 28 anos, primeira edição em 1831, Claude Frollo aponta para um livro que tinha na escrivaninha, aponta depois para a enorme catedral que se construía ali perto, e sentencia: “Isto matará aquilo!”.

    LER MAIS
  • img

    Santa Ignorância! 2

    Nikita Krutschev transformado em bailarina do Bolschoi, o ditador Duvalier em filósofo, Tolstoi em jogador de futebol, Victor Hugo em dentista e Salgueiro Maia em toureiro. Quem o disse?

    LER MAIS
  • img

    António Azarias, desenhador de dicionários 2

    “Sou o Manuelito, minha profissão é andar por cima deste pneu. Mas só quando estou de férias. Ele me leva a passear no meu bairro. Na Malhangalene, a gente brinca muitas brincadeiras. Eu vivo naquela casa ali. Do lado, está tudo gradeado. Os donos têm medo dos ladrões. Na minha casa, a porta se abre com qualquer ventania. A pobreza vê-se na porta. Ninguém entra (…)

    LER MAIS
  • img

    TUTORIAIS ADOBE INDESIGN DE KARYS JORDÃO

    Um jornal impresso, feito em vídeo 2

    O dinamismo, a vontade imensa de aproveitar as oportunidades, a sede de saber, são características intrínsecas da Karys, daquelas alunas que não esquecem. Um tutorial? Dois? Três? Nada disso. Vai tudo em vídeo, do princípio ao fim. E foram "só" 15 - QUINZE - 15. Curioso o facto da maior parte dos tutoriais ter sido produzida já depois do ano lectivo ter terminado, com as notas lançadas...

    LER MAIS
  • img

    Os jornais-televisores 2

    Assim rezava o e-mail do EL PAÍS recebido a 28.03.2021:

    LER MAIS
  • img

    Palavras Caras, um KISS (Keep it simple stupid) e o Prefeito de Quixeramobim 2

    Os jornais não devem exigir que as pessoas os leiam com um dicionário ao lado, como gostaria um certo articulista de uma publicação do interior. Depois de horas 'burilando' seu texto, buscando palavras herméticas num pesado dicionário, ele pula da cadeira com os braços erguidos, vibrando: 'Deste artigo ninguém vai entender nada!" (MALIN, Mauro. Jornais para se ler com ajuda de dicionário. Site do Observatório de Imprensa, 5-3-1999). Pasme-se, mas a verdade é que ainda há quem estoire toda a fortuna a comprar “palavras caras” para verter em notícias.  

    LER MAIS
  • img

    Um frango atravessou a rua 2

    Um frango atravessou a rua, ninguém sabia porquê. O mistério correu mundo, os jornalistas apressaram-se a recolher testemunhos de personalidades várias…  

    LER MAIS
  • img

    De A a Z 2

    “Alfabetizar” um acontecimento, um assunto, um tema, pode considera-se um excelente expediente narrativo, quando bem feito. Vale para quase tudo, da temporada de futebol às presidenciais norte-americanas, da gravidez ao ano que findou. Da pandemia que nos assola também, claro.

    LER MAIS
  • img

    O jornalismo e os vizinhos 2

    Há camiões (caminhões) pelo Brasil que, entre mil e treze placas humorísticas, exibem esta: “Não cobices a mulher do próximo quando o próximo estiver próximo”.

    LER MAIS