728 x 90

PROMOÇÕES, SILÊNCIOS, DESVIRTUAÇÕES

A informação ao serviço da estação

img

Nas televisões portuguesas pratica-se um jornalismo de guerra sem que seja preciso arriscar repórteres no campo de batalha. A guerra é suja e trava-se entre as estações de televisão. Promovem-se os produtos da casa, com os telejornais servindo de outdoors para alavancar audiências e desmoralizar o inimigo da frequência ao lado. É publicidade travestida de notícia, com a vantagem de não contar para as quotas.

O cidadão-telespectador perde, mas perde muito mais com outras práticas, muito mais condenáveis também. Há silêncios comprometedores, verdadeiros apagões noticiosos, e há desvirtuações graves merecendo lugar de destaque no pelourinho das falhas deontológicas.

Dinis Manuel Alves passou à lupa centenas de telejornais das TV’s portuguesas, dando conta, neste livro, de autênticas campanhas de manipulação informativa. “A informação ao serviço da estação” talvez se devesse chamar “Como eles nos enganam”.
Este é o primeiro de quatro livros integrados no projecto de investigação da tese de doutoramento defendida pelo autor na Universidade de Coimbra em Abril de 2005.
Edição “Mar da Palavra”.

Comprar o livro na WOOK

Apoio:
Gabinete para os Meios de Comunicação Social (GMCS)

A apresentação pública da obra decorreu a 03.03.2010, na Casa da Cultura, à Rua Pedro Monteiro, em Coimbra.
Apresentação a cargo do Prof. Doutor Francisco Rui Cádima (Universidade Nova de Lisboa), e do jornalista Jorge Castilho.